Google+ Followers

sábado, 26 de junho de 2010

Letras ou Administração?


Oh dúvida cruel.


Quando a gente é criança tem vários sonhos do que queremos ser quando crescer, eu sempre quis ser artista, apresentadora de TV, gosto desse meio artístico, como desde criança frequentava igreja e até hoje frequento não deu para seguir está area. Minha mãe sempre brincava falando que eu era "artista de Cristo" rsrsrsrs.


Então cresci, e como sempre gostei de ler e aprender novas línguas,resolvi fazer Letras e vocês não tem idéia de como me apaixonei por está área, e o engraçado que fui mais por causa do inglês e acabei gostando mais de Literatura, nossa, falar sobre Clarice Lispector, Cecília Meireles, José de Alencar e Machado de Assis me dava assim um puro êxtase.


O que posso dizer é que a vida é uma caixinha de surpresa e o destino me reservou outra coisa, trabalho em uma área completamente diferente, trabalho na área de controle, é gente que diferença, sai de Letras e entrei praticamente na Logística.


Resolvi então fazer ADM e por incrível que pareça os números me fascinaram, sou uma das melhores alunas, ninguém acredita que uma menina letrada é boa com os números, eu sou a prova viva que isto é possível. Mas não consegui esquecer este mundo da arte, tanto que ainda dou minhas aulas de inglês particulares e como meus alunos falam meus olhos brilham quando eu estou dando aula, eu saio dali renovada e feliz por contribuir o pouco que eu sei para eles. É uma imensa gratificação e não tem dinheiro que pague.


Este é o mundo que eu vivo, meu dilema, minha questão, qual aréa seguir? Enquanto isso vou fazendo as duas. De dia na empresa e a noite nas salas de aula.


E vocês, vivem este dilema profissional?




2 comentários:

  1. Nossa, que legal!! Me identifiquei muito com você Marcella!! Eu sou apaixonado no que se refere às questões humanas. Adoro conhecer culturas diferentes, conhecer novas pessoas. Eu vou começar um curso de letras/português e inglês e pretendo sim dar aulas. No entanto, sou ótimo com números. Trabalho com atendimento há 1 ano e meio e geralmente os clientes e meus patrões dizem que sou um excelente atendente. Talvez porque trabalho com pessoas, certo? Cada uma é diferente das demais e todos merecem um tratamento diferenciado, mas sempre com respeito, educação e humildade. As pessoas que convivem comigo dizem que pareço um louco. E sou mesmo! Louco pela vida... (risos).

    ResponderExcluir